O que é SASE?

Secure Access Service Edge, o futuro da rede segura

 

No mundo de hoje, vemos um rápido crescimento na força de trabalho móvel ou remota, que requer acesso seguro à rede junto com a rápida expansão de dados e aplicativos altamente distribuídos em vários provedores de IaaS e SaaS.

Como resultado, as arquiteturas e ferramentas de segurança tradicionais estão ficando para trás, deixando as empresas e os usuários vulneráveis. Com a grande mudança em usuários e aplicativos distribuídos, as equipes de TI devem desenvolver sua estratégia para proteger o acesso a várias nuvens. Sua abordagem de segurança dependerá de suas necessidades e estratégia de rede multicloud.

Se você é responsável por fornecer tecnologia e conectividade em sua organização, perguntas devem surgir como: Como posso facilitar essa transição em minha organização sem afetar a escala de recursos que tenho? E eu posso te dizer, a resposta está em SASE.

SASE, que significa Secure Access Service Edge, é uma arquitetura de rede que combina recursos VPN e SD-WAN com recursos de segurança nativos da nuvem, como gateways da web seguros, agentes de segurança de acesso à nuvem, firewalls e acesso à rede de confiança zero. Essas funcionalidades são fornecidas a partir da nuvem e geralmente são fornecidas como um serviço.

Pense no SASE como a combinação perfeita entre uma rede inteligente multi domínio e cibersegurança abrangente, simplificando o acesso à sua rede, melhorando seu modelo de segurança, aumentando o desempenho ideal da rede e reduzindo o número de fornecedores e dispositivos que sua equipe de TI deve lidar.

Em conversas com clientes da Cisco e nos projetos de rede dos quais participei, pude verificar em primeira mão a importância de considerar a segurança como um componente fundamental da estratégia de rede. Precisamente os eventos em que vivemos no novo normal destacam a necessidade de repensar como as redes e a segurança se tornarão, ainda mais, intrincadamente interligadas à medida que as organizações mudam a maneira como conectam sua força de trabalho distribuída.

 

De onde vem o SASE?

A principal tendência macro por trás do surgimento do SASE é a transição para várias nuvens, resultando em dados e aplicativos que estão literalmente em todos os lugares. Paralelamente, uma força de trabalho cada vez mais distribuída requer acesso seguro aos aplicativos com desempenho ideal. A rápida adoção de SD-WAN para se conectar a aplicativos de várias nuvens oferece às empresas a oportunidade de repensar como o acesso e a segurança são gerenciados do campus à nuvem e à extremidade da rede.

A empresa Gartner criou o termo SASE e o descreveu pela primeira vez em uma documentação técnica durante 2019, onde estabelece seus objetivos e como deve ser uma implementação SASE.

O objetivo do SASE é fornecer acesso seguro a aplicativos e dados de seu data center ou plataformas de nuvem, como Azure, AWS, Google Cloud ou provedores de SaaS baseados em identidade: indivíduos específicos, grupos de pessoas em determinados escritórios, dispositivos , IoT e até serviços. A borda de serviço ou borda de serviços refere-se ao ponto de presença global (PoP), IaaS ou instalações, onde o tráfego local das filiais e pontos de extremidade é protegido e encaminhado para o destino apropriado sem ter que viajar para os pontos focais do data center. Ao reunir os serviços de rede e segurança da nuvem, as organizações serão capazes de conectar com segurança qualquer usuário ou dispositivo a qualquer aplicativo com a melhor experiência.

O Gartner acredita que o SASE é uma visão de um modelo futuro de redes seguras, que as empresas se esforçam para alcançar; atualmente não é uma realidade para nenhum provedor. A Cisco vem trilhando esse caminho há vários anos por meio de aquisições importantes em redes (Meraki, Viptela) e segurança (OpenDNS, CloudLock, Duo), bem como muitas inovações desenvolvidas internamente. Hoje, SASE é melhor representado pela convergência da SD-WAN gerenciado na nuvem e segurança fornecida a partir da nuvem, dois recursos fundamentais que a Cisco desenvolveu extensivamente.

 

O caminho para SASE

Se sua organização fosse considerar a reunião dos elementos necessários para o SASE por conta própria, talvez fosse uma tarefa semelhante construir uma casa reunindo os quartos de diferentes casas existentes. Esta é a razão pela qual, na Cisco, integramos nossas ofertas de SD-WAN e funcionalidade de segurança em um único serviço nativo da nuvem, para aproximar os modelos de consumo “as-a-service” com a flexibilidade de adaptação as necessidades de organizações de todos os tamanhos.

Hoje, mais de 20.000 organizações começaram a jornada para o SASE implementando Cisco SD-WAN, e mais de 22.000 implementaram serviços de segurança em nuvem com o Cisco Umbrella.

Convido você a aprender mais sobre Cisco SD-WAN, nossa arquitetura de rede multi-domínio, fornecida em nuvem e otimizada para aplicativos que oferece desempenho confiável de aplicativos e permite visibilidade completa e informações oportunas sobre o desempenho de sua rede para fornecer a melhor experiência. 

 

Para maiores informações, entre em contato conosco

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Precisa de Ajuda?